Postado em 13 de Novembro de 2015 às 09h36

Instituto Internacional de Pesquisas Chico Mendes confere certificado à CASAN

A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento recebe no dia 24 de novembro, em São Paulo, a Certificação Selo Verde – Prêmio Socioambiental Chico Mendes. Ao lado de outras 43 instituições brasileiras, a CASAN será reconhecida com o Troféu Chico Mendes e o Certificado do Programa de Certificação pelo Compromisso com a Responsabilidade Socioambiental. A certificação garante a utilização do Selo Verde do Instituto Internacional de Pesquisas e Responsabilidade Socioambiental Chico Mendes (Inpra).

A CASAN, primeira empresa pública catarinense a receber o Selo Verde, está sendo reconhecida na categoria Case Socioambiental Responsável, devido ao projeto Preservação, Conservação, Recuperação e Manutenção das Matas Ciliares, uma parceria com o Consórcio Iberê. O projeto é desenvolvido na região Oeste, onde se concentra a maior dificuldade hídrica de Santa Catarina.

“Essa premiação tem um significado especial, pois no passado a CASAN chegou a ser considerada uma Companhia poluidora”, ressalta o diretor-presidente da CASAN, engenheiro Valter Gallina. "Agora a empresa é reconhecida por melhorar a qualidade de vida e apoiar a conservação do ambiente."

A CASAN adotará o Selo Verde em todas as suas unidades e nos documentos oficiais, reforçando a ideia de que o saneamento básico está diretamente relacionado à conservação ambiental e à qualidade de vida.

Conservação de mananciais
O trabalho desenvolvido desde 2006 pelo Consórcio Iberê, com repasse de recursos da CASAN, vem proporcionando a recuperação e preservação da mata ciliar na área de sete municípios da Bacia Hidrográfica do Rio Chapecó/Irani: São Carlos, Águas de Chapecó, Caxambu do Sul, Planalto Alegre, Guatambu, Chapecó e Cordilheira Alta.

Até 2015 foram recuperados 92 hectares da mata ciliar, com a participação de aproximadamente 300 famílias da área rural e o envolvimento de mais de 10 mil pessoas.

Aumento da disponibilidade de água, contenção da erosão das margens dos riachos, reaparecimento de fauna local e melhoria do trabalho e dos produtos fabricados nas propriedades estão entre os benefícios citados por produtores rurais participantes do projeto.
Na avaliação do Instituto Internacional de Pesquisas e Responsabilidade Socioambiental Chico Mendes (Inpra), "o projeto é criativo, sustentável e pode ser replicado, gerando conhecimento científico e qualidade de vida para os agricultores familiares".

A certificação será entregue em paralelo ao 2º Fórum Empresarial Chico Mendes de Sustentabilidade, que vai discutir o tema Água, Gestão, eficiência e Planejamento.


Gerência de Comunicação Social da CASAN
(48) 3221-5034 І 3221-5035 І 3221-5036
Jornalista Arley Reis DRT/SC 746 І areis@casan.com.br
Jornalista Suzete Antunes DRT/RS 5588 І santunes@casan.com.br
Jornalista Ricardo Stefanelli DRT/RS 5371 І ristefanelli@casan.com.br І (48) 9136-9345

Estagiário Maicon Climaco De Souza І e_msouza@casan.com.br І (48) 3221-5292
Estagiária Danielly Angela Ribeiro І e_dribeiro@casan.com.br І (48) 3221-5292

  • Consórcio Iberê -
  • Consórcio Iberê -

Veja também

Parceria com Consórcio Iberê é destaque na Revista Sanear08/10/15 A última edição da Revista Sanear, da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (AESBE), destaca o projeto de recuperação de matas ciliares desenvolvido em parceria entre CASAN e Consórcio Iberê, entre outras instituições. Aumento de disponibilidade de água, contenção da erosão das margens......
CASAN conquista prêmio ambiental Fritz Müller28/09/17O Projeto Iberê de recuperação da mata ciliar no Oeste do Estado conquistou o prêmio Fritz Müller da Fundação de Meio Ambiente (FATMA). O projeto financiado pel Esta é a terceira premiação deste projeto que foi criado em 2006 por meio de parceria entre a CASAN, financiadora do projeto, e o Consórcio Iberê, composto por sete municípios da Bacia Hidrográfica do Rio......

Voltar para Notícias